Aulas no UNIFEB foram iniciadas com novo modelo acadêmico em todos os cursos

O ano letivo de 2020 começou na última segunda, 10 de fevereiro, no UNIFEB e todos os Cursos oferecidos pela Instituição passaram a adotar um novo modelo acadêmico, em que o aluno é o protagonista do processo de aprendizagem. Com este novo modelo acadêmico, a Instituição prepara os alunos para o mundo do trabalho atual, que tem se alterado intensamente com a digitalização dos processos e a conectividade.
Segundo a reitora do UNIFEB, Sissi Kawai Marcos, as mudanças nas matrizes de todos os cursos estão metodologicamente baseadas na "necessidade de formação e capacitação profissional mais adequada ao enfrentamento de um mundo mais tecnológico, de uma economia em transformação. O profissional hoje não pode se contentar em saber, mas precisa saber fazer e a proposta de nossa metodologia, já implantada nas engenharias desde o segundo semestre de 2018, é do aprendizado ‘mão na massa’, aquele em que o aluno é protagonista de seu conhecimento".
As metodologias de ensino adotadas no modelo acadêmico são focadas na busca pela autonomia do aprendizado, propõem desafios em que os alunos aplicam seus conhecimentos teóricos e desenvolvem habilidades pessoais, trabalham em equipe, atualizam a forma de aprender. Tudo para possibilitar a formação de profissionais aptos a enfrentar um mercado de trabalho em constante mudança.
No dia 17 de fevereiro, são os novos alunos ingressantes no UNIFEB que começam suas aulas, com o novo modelo acadêmico desde o primeiro dia de aula. A Instituição oferece 23 cursos superiores, tendo como novidade  neste ano os Cursos de Arquitetura e Urbanismo, Comércio Exterior, e também no período noturno os Cursos de Zootecnia e Agronomia.



Compartilhe esta notícia:

Postagens recentes

Farmacêutica alerta para automedicação e uso de remédios "da moda" contra Covid

A coordenadora do curso de Farmácia do Unifeb, Regilene Steluti, afirmou que o uso descontrolado de remédios, por meio d...

CIBERTERRORISMO: a internet como meio de propagação do terror

O Ciberterroismo é um termo utilizado para classificar o uso da internet como ferramenta para realização de atos violent...

Professor do UNIFEB desenvolve artigo sobre igualdade nas relações de trabalho

A igualdade racial e de gênero é um tema de constante discussão em diversos meios, inclusive nas relações de trabalho. D...

Nome social de pessoas LGBT é tema de artigo de professores do UNIFEB

Usar um nome com o qual se identifica e ser reconhecido por ele é um direito, principalmente para pessoas transexuais e...