Núcleo de Apoio Cultural do UNIFEB promove mesa redonda em alusão ao Maio Laranja, mês dedicado às discussões sobre o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

Os alunos de Psicologia e Pedagogia do UNIFEB (Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos) participaram de uma mesa redonda organizada pelo NAC (Núcleo de Apoio Cultural) da instituição, com o tema “O papel da rede de proteção às crianças e adolescentes vítimas de abuso e exploração sexual”. O evento, em alusão ao Maio Laranja, mês dedicado às discussões sobre o combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, foi realizado no Tribunal do Júri no Núcleo Jurídico.

Entre os debatedores estavam Gustavo Samuel da Silva Santos, coordenador auxiliar do Núcleo da Infância e Juventude da Defensoria Pública de São Paulo; Taciana Nunes, escrivã da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Barretos; e Irenita Rodrigues Amorim, psicóloga do CREAS Barretos. Ainda estiveram presentes Júlia Córdoba, coordenadora de implementações do LEPES/USP (Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação e Economia Social da Universidade de São Paulo) e Pedro Luis Menzani, coordenador de implementação do EPTO em Barretos.

Para o coordenador do NAC, Prof. Davi Perez Aguiar, a mesa redonda abordou de forma didática e clara esse importante tema que deve ser amplificado à toda a sociedade. “Zelar pela segurança das crianças e adolescentes é um papel social de fundamental relevância. Os grandes profissionais que trouxemos puderam explicar quais são os possíveis indícios que devem ser levados em consideração quando uma criança ou adolescente está passando por algum tipo de violência sexual e como devemos agir neste tipo de situação a fim de acolher e ajudar”, destacou.

Também estiveram presentes no evento a coordenadora do curso de Psicologia, Profª. Drª. Debora Nogueira Tomas, e o coordenador do curso de Pedagogia, Prof°. Dr. Antonio Gandini Júnior.

Em caso de suspeita de abuso ou exploração sexual em alguma criança ou adolescente, a orientação é acionar o CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), o Conselho Tutelar, a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) ou o Disque 100 – Direitos Humanos.

 

 

 



Compartilhe esta notícia:

Postagens recentes

UNIFEB doa 1.350 kits de higiene bucal infantil para projeto social promovido na Reserva Indígena Xakriabá no norte de Minas Gerais

A ação organizada pelo Projeto Maloca contou com o voluntariado de cirurgiões-dentistas formados pelo Centro Universit...

Abertas as inscrições de processo seletivo para contratação de docentes no UNIFEB

Os interessados devem se cadastrar até o dia 21 de julho pelo site do Centro UniversitárioO UNIFEB (Centro Universitári...

Alunas do UNIFEB conquistam títulos de Rainha e Princesa da Festa do Peão de Barretos 2024

Rebecca Almeida, estudante de Odontologia, foi aclamada como Rainha. Já a aluna de Administração, Ana Laura Coqueiro, f...

UNIFEB recebe troféu de melhor instituição de ensino superior em premiação promovida pela ACIB

O Reitor Prof. Dr. Angelo Davis recebeu a homenagem ao Centro Universitário em evento realizado no Espaço Berrantão, no...